Hoje é dia de Alugar Filme

Caso prefira escutar o artigo, ao invés de ler, clique no link abaixo. Versão Podcast:

Nunca me esquecerei dos bons tempos de locadora. Toda sexta-feira e eu ia com minha mãe ou avô alugar filmes. Como já dizem por aí “sexta é dia de alugar fita”, expressão usada para locação de jogos, mas, também, válida para filmes. Era um ramo lucrativo e que trazia felicidade a todos envolvidos. Desde os que trabalhavam na indústria de filmes e produção das mídias, até o consumidor final, ou seja, eu.

Lembro que passava o final de semana todo assistindo filmes. Às vezes chegava a alugar mais de 4 filmes. Época em que a única forma de assistir a um filme era em um VHS, no máximo um DVD, alguns anos mais tarde. Demorou para esse negócio de pirataria engrenar por aqui, mas infelizmente, depois que engrenou, não parou mais.

4298257221_778b798a3e_b
Imagem de uma locadora. Impressionante o volume de filmes que havia disponível.

As locações custavam cerca de R$ 2,50 para filmes “catálogos” e R$ 3,50 para “lançamentos”. Se fosse o primeiro tipo de filme, poderíamos ficar com ele 3 dias, se fosse o segundo, somente 24hrs.
Se hoje em dia tenho o orgulho de dizer que assisti a mais de 1700 filmes, tenho muito a agradecer às locadoras, pois, caso elas não tivessem existido, provavelmente eu teria visto apenas metade destes filmes ou nem isso.

Ir à locadora, por mais comum que fosse, era um evento, pelo menos para mim. Sempre entrava com aquela expectativa de que encontraria algo interessante para assistir. E mesmo quando, algumas vezes, eu não encontrava, acabava levando algum filme para “arriscar”.

E quanto ao cheiro? Quem não se lembra daquele cheiro característico de locadora? As de bairro que tinham isso mais emblemático, mas mesmo a Blockbuster tinha algo similar. Era um odor de plástico ou algo assim, que ainda sinto em alguns VHS que eu tenho, ou de vez em quando em pouquíssimos lugares que possuem este odor, não sei por que.

Era algo realmente

rogers_video_store_interior
Triste imagem de locadora realizando uma Queima de Estoque, pois havia falido.

fantástico. Mas então o impossível, para mim, aconteceu: locadoras
começaram a fechar. No início não dei muita atenção, pois parecia que era algo isolado, já que a primeira que vi foi a Hobby Video. Parecia que seria apenas esta rede e que havia sido algo ligado a má gestão ou alguma coisa do gênero. Ledo engano, aquilo era o início do desânimo, tristeza e desalento que aplacou todos os donos de locadoras do país, seus funcionários e alguns clientes. Digo alguns clientes, pois muitos não se importaram e até foram responsáveis por isso.

Vi algo similar no mundo dos games, em que a grande e poderosa Progames fechou as portas, após conseguir abrir mais de 50 unidades pelo Brasil. Mas, voltando aos filmes, algum tempo depois outras locadoras fecharam, mas o fim delas ficou nítido, pelo menos para mim, somente por volta de 2006 ou 2007.
Após esta data, ocorreu um grande movimento de fechamento de locadoras. Primeiro as de bairro que possuíam uma unidade, depois as que possuíam mais de uma ficaram com a original, somente.

At

6261962876_637cccb6dd_b
A clássica e antiga Blockbuster. E pensar que muitos a consideram uma inimiga que iria acabar com as locadoras de bairro. Mal sabíamos todos o que estava por vir.

é que veio o golpe final, o inimaginável ocorreu: a Blockbuster foi comprada pela Americanas (no Brasil) e, convenhamos, completamente destruída pela empresa. Nesta época eu já não alugava mais filmes, pois considerava o estoque da Blockbuster baixo e o valor já não era tão competitivo com algumas de bairro que eu costumava frequentar. Mas mesmo assim foi algo impactante e saudosamente triste.

320px-destroy_cd137841
Imagem de trator do governo destruindo diversos filmes e cds piratas.

A pirataria havia conseguido o que sempre quis fazer: dominar o mercado de filmes e games. E sendo a intenção deles ou não, conseguiram mais que isso, conseguiram
com que milhares de pessoas que trabalham nesta rede de produção e distribuição de filmes fossem demitidas.

Obviamente
não foi apenas a pirataria que fez isto. A competição com filmes online via streaming ou empresas como Netflix selaram a questão de vez. Essa e outras empresas ditaram os costumes dos consumidores que já não sairiam de suas casas para

Internet Killed the Video Store?
“A internet matou as videos locadoras”?

alugar um filme, já que poderiam assisti-los em seus computadores, tablets e afins.

Ninguém mais queria ir até uma locadora, sentir o cheiro dela, conversar com o dono, pedir algumas indicações, ver os pôsteres nas paredes, pegar e sentir a caixa do filme, ler a sinopse e voltar para casa com a sacola de filmes.
Pois bem, eu queria…

Anúncios

5 comentários sobre “Hoje é dia de Alugar Filme

    1. Tempo mesmo inesquecível. Lembrando que as locadoras de bairro, no começo, tinham muitos filmes piratas. Eram poucos títulos “selados”, então a pirataria nas próprias locadoras era “normal”.

      Curtido por 1 pessoa

  1. Sinto muitas saudades, primeiramente por que a hobby vídeo foi meu primeiro trabalho, eu era adolescente é comecei na hobby da panamericana e depois fui pra Alphaville onde assumi como gerente por seis anos, então locadora era a minha vida, já se passaram tantos anos e ainda a saudade doi, dos clientes, dos amigos, dos filmes enfim de tudo, viagei enquanto lia, enfim novos tempos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s