Atirador – Conspiração resolvida na bala

Pode ser clichê, mas a frase que define este filme é: adrenalina do começo ao fim. Mas também podemos resumir este filme como sendo um dos melhores filmes de Mark Wahlberg, se não o melhor. Nunca achei que teve a atenção merecida, apesar de ter feito sucesso considerável. Mas é inegável que é um prato cheio para todos fãs de teorias da conspiração.

O filme foi lançado em 2007 e contou com atores de peso como Mark Wahlberg, Danny Glover (Máquina Mortífera), Kate Mara (Perdido em Marte) e Rhona Mitra (Anjos da Noite: A Rebelião). O filme conta a história de um ex atirador de elite que havia se aposentado após ser traído em combate. Após algum tempo, seu antigo comandante (vivido por Danny Glover), vai procurá-lo dizendo que possui uma missão que dependia de suas qualidades e habilidades. Mesmo relutante ele acaba aceitando. Durante o filme, Bob, personagem de Mark Wahlberg, é novamente enganado e passa a ser visto como assassino de uma personalidade importante, procurado pela polícia e pela mídia e caçado pelo seu antigo comandante.

Mark-Wahlberg-in-ShooterMas o filme possui várias facetas muito interessantes como o fato de que mesmo Bob sendo um cara solitário, e dele gostar disso, encontra a paz e o amor em Sarah – personagem vivida por Kate Mara; o lado conspiratório do governo americano que diz ser e fazer uma coisa, mas que na verdade planeja e executa outra; como a mídia engana a população ou como a mesma como se deixa enganar, sem buscar respostas claras e apenas acreditando em versões “oficiais”; como muitos atentados, mortes, crimes e histórias não somente não aconteceram como nos foi contado, mas exatamente da forma oposta.

Algumas curiosidades interessantes sobre o filme:  Keanu Reeves, Clint Eastwood, Robert Redford e Harrison Ford foram contatos para o papel de Bob mas os três últimos descartaram e possibilidade e o primeiro foi descartado antes de ser avaliado; o personagem e história são baseados no livro de The Shooter, de Stephen Hunter; no trailer original aparece uma cena em que uma pequena aeronave é destruída por controle remoto, mas esta cena nunca foi usada; a história original no livro conta que o personagem principal participou da guerra do Vietnã e não na África, como mostra no filme.

1174921173_1024x768_2007-shooter-movie-still

O filme já teve continuações não oficiais e uma série no Netflix. Mas nada se compara ao filme original. A qualidade de como a história foi contada, a atuação dos atores, as belas montanhas mostradas, a relação governo/mídia/ população e o filme em si, de uma maneira geral, deixam claro que caso queiram fazer uma continuação ou algo do gênero, o mesmo time de atores deverá ser chamado e a mesma qualidade deverá ser empregada.

Acredito também que seria muito válido ter a supervisão – ou ao menos alguns palpites –  do autor, afinal foi ele quem criou os personagens.

Aproveito para comunicar a vocês que tentarei intercalar mais filmes / artigos menores com grandes produções. Desta forma, criando a possibilidade de vocês lerem (e eu escrever) sobre filmes menos conhecidos ou não tão populares. Aproveitem esta semana para assistirem a este clássico e depois façam seus comentários.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s